30.5.10

Sorteio!!!!

Quer ganhar esses acessórios????


1 pulseira de pérolas





2 broches retrô


1 lenço de zebrinha



1 tic tac de topinho


Quer saber como?
Apenas se increva aqui:
Sorteio aqui!!
Divulgação da ganhadora: 12 de junho Dia dos Namorados.
Boa Sorte!!!!!!!

29.5.10

Inspirações em couro

Prada Fall 2009 - vestidos de couro, saias e sapatos.

Essas armaduras como peças foram corajosamente embelezadas com pregos.

Mesmo que esta coleção tem agora um ano e meio de idade, eu continuo achando essas peças bonitas e inspiradoras.


Franjas em couro decoradas...
A textura é linda.




Mais em:
http://www.fashionologie.com/Miuccia-Prada-Brings-Out-Fight-Fall-2009-2872899

28.5.10

Atelie de inspirações

Esta semana visitamos o atelie da artista Lia Achutti. Ela foi professora na UFSM, tem um grande currículo e uma mão maravilhosa para seus trabalhos.
Trabalha principalmente com tecidos e bordados. O atelie é um charme só! Lindo, cheio de obras e inspirações... quem quiser também pode ter aulas com ela. Recomendo muito!
Quem é de Santa Maria e quiser visitar o atelie da artista, ele é aberto para visitações (com hora marcada).





24.5.10

Coco Chanel

"Vista-se mal e notarão o vestido. Vista-se bem e notarão a mulher."
Coco Chanel


Gabrielle Bonheur Chanel, mais conhecida como Coco Chanel,
importante estilista francesa e uma mulher à frente do seu tempo.
A
s suas criações até hoje ditam e influenciam a moda mundial.
É a fundadora da empresa de vestuário Chanel S.A.


A história do “pretinho básico” começa em 1926. A revista Vogue publicaria uma ilustração do novo modelo de vestido, criado por Coco Chanel. Às vésperas da segunda grande guerra, o modelo passou despercebido. Somente em 1947, Christian Dior ressuscitaria a idéia de Chanel e, popularizaria o que ficou conhecido como o uniforme das moças mais modernas dos anos 50: um vestido preto, com golas e luvas brancas, usado com um colar de pérolas, sapatos coloridos e uma estola de pele.

Há quem diga que ele é o melhor amigo da mulher.


Sinônimo de estilo e elegância, o “pretinho básico” tornou-se mais que uma peça-chave no guarda-roupa feminino. Um dos clássicos da moda mundial, ele surpreende por sua versatilidade há quase 80 anos.


Além do pretinho básico, Coco Chanel também criou peças em tom bege, ou nude.

No desfile de verão da Chanel teve uma releitura atualizada dos clássicos da marca. Foram vistos muitos tailleurs com modelagens contemporâneas e saias um pouco acima dos joelhos.


O complemento dos looks ficou por conta de bolsas de mão, carteiras com matelassê, e sacolas de couro como as de compras da loja.

Nos pés, os sapatos bicolores.
Chanel achava que seus pés eram grandes, e os sapatos com a ponta escura faziam com que parecessem menores.

As bolsas não poderia ser mais femininas:
pequena de metalassê, com longas alças de correntes dourados.
Look
imbatível há 50 anos.


Coco Chanel fez sucesso com o pretinho básico,
como também com o seus
tailleus.
Ela usava
longos colares, de diversos tamanhos,
misturava pérolas falsas com correntes.

Tudo com muito charme e elegância, sem esquecer a camélia.


22.5.10

Moodboard

Paineís de inspiração para design de superfície,
feitos por mim para pesquisa no
Curso de Extensão em Design de Superfície
NDS UFGRS

1° Moodboard: cítrico.
Cores cítricas, vibrantes. Rosa, azul, amarelo,lilás, laranja e verde.
Composição de fitas, botões, cordão, tecidos, fuxico e crochê.
Frutas e flores.










2° Moodboard: feminino.
Cores: rosa, roxo, vermelho, dourado e preto.
Composição de rendas, fitas, acrílico, pérolas, paetês e miçangas.
Tulipas cor-de-rosa, melindrosas, can can e bijus.


3° Moodboard: Black & white.
Cores: preto, branco e prata.
Composição de renda, papel, metal, chatons, brilho, poá e paetês.
Texturas, laços, fibras, metálico.

19.5.10

Design de superfície

Design de Superfície

Design de Superfície é uma atividade técnica e criativa
cujo objetivo é a criação de imagens bidimensionais
(texturas visuais e tácteis), projetadas especificamente
para a constituição e/ou tratamento de superfícies,
apresentando soluções estéticas e funcionais adequadas
aos diferentes materiais e processos de fabricação
artesanal e industrial (RÜTHSCHILLING, 2006).













A designer Renata Rubim, na década de 80, trouxe ao Brasil um termo que ainda hoje é pouco conhecido no país: Design de Superfície, ou, Surface Design. De acordo com ela, em seu livro Desenhando a Superfície, “essa designação é amplamente utilizada nos Estados Unidos para definir todo projeto elaborado por um designer, no que diz respeito ao tratamento e cor utilizados numa superfície, industrial, ou não.”

Mais em:
Núcleo de Design de Superfície da UFRGS:
http://www.nds.ufrgs.br/novo/index.html


Renata Rubim
http://www.renatarubim.com.br/


Evelise Anicet
http://penta.ufrgs.br/~evelise/

9.5.10

Tendências: Heimtextil 2010

Heimtextil 2010: conheça as mega-tendências em tecidos

Como já é costume, a Heimtextil apresentou suas tendências. Representantes de seis institutos de pesquisas de tendências mostraram a jornalistas de todo o mundo as quatro mega-tendências que irão dominar o cenário da moda e da casa nos anos 2010 e 2011.
"A principal ideia que norteou o nosso trabalho foi achar soluções para salvar o planeta", afirma Jeanne Goutelle, do instituto francês Carlin.

"Estamos falando de um design comprometido com a natureza", ressalta. De fato as duas primeiras megatrends estão diretamente ligadas às questões ecológicas.

A primeira dela foi batizada de Futurustic e fala da necessidade de simplicidade e de estar em contato com materais naturais, quase rústicos. "No começo desta nova década, as responsabilidades individuais e coletivas se expressam em criações humanísticas, ecológicas e sustentáveis", afirma Jeanne. Aqui, as formas são brutas, há móveis com bases de troncos e galhos e as cores são as da terra: vai do bege ao preto, passando por toda gama de marrons.

A segunda, chamada de Hypernature busca trazer um toque emocional em nossas vidas."Tecnologias suaves evitam impactar o meio-ambiente e reduzem a complexidade do dia-a- dia. Mas isso não quer dizer viver sem emoção", explica Anne Marrie Commandeur, do Instituto Stijl, de Amsterdan. Nesta tendência, formas e cores são suaves: rosa-bebe, azul-claro, verde-agua, nude.

Intuition é a tendência que valoriza a criatividade e a impulsividade. Cores fortes, inclusive as primárias (vermelho, amarelo e azul) fazem parte deste grupo." A Intuition busca as expressões espontâneas, que quebram as barreiras entre as culturas", afirma Anne Marrie. Móveis coloridos e de formas arrojadas (que lembram a cadeira Red and Blue, de Rietveld) e grafismo são as características do movimento.

Por último, a Temptation aposta nas formas e cores que evocam a sedução e os cenários teatrais. Os móveis clássicos (cadeira e namoradeira Luis XV, por exemplo) aparecem customizadas, pintadas com cores quentes e forradas com vários tecidos diferentes. Texturas sensuais como o veludo e os adamascados dominam essa tendência.




Tendência Temptation apresentada na Heimtextil 2010: sedas brilhantes e plissadas também caracterizam o estilo.


Tendência Hypernature apresentada na Heimtextil 2010: tecidos com brilho furta-cor. As cores lembram os quartos de bebê.


Tendência Intuition apresentada na Heimtextil 2010: tecidos de cores fortes e alguns com grafismos.


Tendência Futurustic apresentada na Heimtextil 2010: cortinas transparentes e almofadas gostosas de tocar.


Tendência Futurustic, apresentada na Heimtextil 2010: tecidos naturais, plissados e dobrados de maneira artesanal.

Veja mais em:
Casa.abril.com/

7.5.10

Coleção Bonequinha de Luxo!

Pulseiras de pérolas
$3 cada

Colar de pérolas curto
$15


Colar com pingente de tecido e bordados em chaton
$20



Colar de pérolas com flor de tecido
$15


Colar metal e tecido - lacinho com bordado de chatons
$20

Encomendas: carlabvieira@yahoo.com.br